Graduação de Muay Thai

Graduação - KRUANG

Um acessório que tem levantado grande interesse (ao menos nos fóruns de internet) é o Kruang, não pelo artefato em si mas sim sobre o aspecto da graduação. Como descrito na página inicial o Kruang foi inicialmente um amuleto, para os tailandêses não fazia sentido graduar seu lutadores, todos estavam em constante treinamento a aperfeiçoamento, os orientais não possuem (de modo geral) esta idéia de fases “estáticas”, própria do pensamento ocidental, mais especificamente do filósofo e matemático René Descartes, desta forma os mestres se tornavam mestre por reconhecimento popular, não existia um método “rigoroso” para se tornar mestre ou professor de Muay Thai, aqueles que queriam aprender procuravam os centros (GYM) que treinavam os lutadores, os mais velhos e experientes ensinavam os novatos, era necessário pedir para o mestre para que ele o orientasse, diferente do ocidente onde simplesmente vamos a uma academia de “pagamos” nossa mensalidade em dia e treinamos com esse ou aquele professor, sem nem mesmo saber se ele quer ou não nos treinar.

Os ocidentais com sua mania de “níveis” criaram então um sistema de nivelamento, até certo tempo atrás ainda falávamos em faixas de Muay Thai, no entanto como o “uniforme” de Muay Thai (diferente dos kimonos) não utiliza uma faixa na cintura e isso viria a atrapalhar durante a luta, resolveu-se então trocar a faixa pelo Kruang, já que esse sim fazia parte da cultura Thai. Cada federação estabelece seu sistema de graduação, no entanto a maioria delas vem convergindo para um sistema “unico” de cores, apresentado a baixo:

table_muaythai

As cores são na verdade homenagem à Tailândia, com as cores de sua bandeira, acrescido do preto. No entanto, como dito anteriormente cada Federação tem apresentado sua forma, algumas mesclam as cores da Tailândia com as cores do Brasil, ou com outras cores com diferentes significados, algumas Federações até colocam em seus sites como é a prova para passar de um nível para o outro, estabelecendo critérios rígidos. Uma curiosidade que sempre me chamou a atenção é porque a pessoa que me ensinava e me treinava não poderia ser chamada de mestre e sim de professor ou treinador? Depois de algum tempo encontrei uma resposta junto a uma federação estadual que dizia que um professor só se tornaria mestre após formar seu primeiro aluno no último nível (preto), ou seja formar um professor, aí então ele passaria a ser chamado de mestre, nesta mesma federação havia também a titulação de "Grão Mestre" que é dada a um mestre após muitos anos como mestre.